Sexta, 19 Setembro 2014 14:02

Seguem os buracos na Av. Flores da Cunha

 

 

Secretário em Exercício diz que o problema deve ser resolvido até o final de semana

 

A AV. Flores da Cunha, via movimentada de Tramandaí, está com muitos buracos em grande parte da sua extensão. Tantos que prejudicam motoristas e pedestres.

Os buracos na AV. Flores da cunha além de poderem causar danos aos veículos, ainda prejudicam o trânsito e podem causar acidentes. Em determinados trechos os carros precisam fazer inúmeros desvios em função dos buracos.

Um motorista que preferiu não se identificar reclama da situação da via pública. “Acho bem perigoso esses buracos em lugar onde há um fluxo forte de automóveis. Pode estragar o pneu do carro, os amortecedores, e o pior causar um acidente de trânsito”.

Alguns buracos ficam cobertos pela água da chuva e a noite é preciso estar ainda mais atento. “Eu ando muito devagar por toda a AV. Flores da Cunha, mas tem gente ainda vem ‘chutado’, e nem vê os buracos, acho que a Prefeitura deveria dar atenção maior para essa área da cidade”, adverte o motorista.

Outras vias movimentadas da cidade também apresentam buracos como a AV. Protásio Alves, a AV. Emancipação e a AV. Fernandes Bastos, na última, há uma verdadeira ‘cratera’ em frente ao ponto de ônibus, na esquina com a rua 24 de Setembro.

De acordo com o secretário de Obras em Exercício Jaime Bolzan, os buracos se abriram em função da chuva e uma equipe já está nas ruas da cidade para solucionar o problema. “O nosso tipo de asfalto não tem durabilidade, ainda mais na região úmida como a do litoral, mas até sábado, se o tempo colaborar, o problema deve estar resolvido, ao menos nas principais vias do município, como a AV. Emancipação, Fernandes Bastos, Flores da Cunha e Protásio Alves”. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Bannerbaixo2
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br