Segunda, 04 Maio 2015 13:20

Mulheres superam medo de dirigir e assumem ‘volante da vida’

 

Com iniciativa e determinação é possível conquistar a autonomia e dar rumos novos à rotina diária

 

As mulheres a cada dia têm mais atribuições e, dirigir, não é mais um luxo e sim, uma necessidade – tantas são as funções desenvolvidas na rotina diária, que ter um carro e/ou dirigir o carro da família é uma ‘mão na roda’. O medo de dirigir impede que as pessoas tenham liberdade e autonomia para irem onde quiserem e na hora em que quiserem. Tal comportamento acaba gerando dependência, baixa autoestima e isolamento social. Estes são alguns sentimentos que fizeram parte da rotina de Gilda de Abreu (moradora de Imbé), Carla Rosana Andrada (Tramandaí), Sandra Anflor (Osório) e Vera Menezes (Mariluz). Todas estas mulheres tinham em comum o ‘medo de dirigir’ e, para superar esta barreira, buscaram a ajuda do professor e orientador no trânsito, José Sergio Reinehr que há mais de 1 ano desenvolve este trabalho.

Segundo Reinehr, em geral todas as alunas com as quais ele já conviveu sabem dirigir, pois são habilitadas e isto exige conhecimento das normas de trânsito e do funcionamento do veículo, mas a insegurança acaba interferindo e as impedindo até de tirar o carro da garagem de casa. “Em muitos casos o fator psicológico é o grande vilão, que acaba bloqueando o condutor. E é aí que entra nosso trabalho, pois com calma e tranquilidade tudo pode ser superado, basta praticar e acreditar em si mesmos, no seu potencial”, salientou o professor. Para Carla e Gilda o ‘machismo’ por parte dos maridos ‘pesava’ muito na hora de dirigir, pois ambas se sentiam intimidadas pelo comportamento dos companheiros. No caso de Gilda (habilita há 23 anos), a questão foi mais pessoal mesmo e a iniciativa de buscar ajuda para superar este medo veio aliada a vontade de provar para si mesma que era capaz e assim, conquistar a autonomia tão sonhada. “Meu marido tem sido compreensivo e atualmente, me incentiva a dirigir e ter mais liberdade. As aulas com o Sergio foram fundamentais para que eu chegasse a este objetivo, porque ele é muito tranquilo e transmite segurança absoluta”, destaca Gilda. Para Carla (habilitada há 5 anos), as dificuldades começaram a ser superada depois do falecimento do marido, pois até então ela só havia dirigido em 3 ocasiões e sempre em situações de extrema necessidade (doença na família), mas hoje, com o apoio dos filhos e as aulas do Sergio, o medo é coisa do passado. “Eu tive a iniciativa de procurar um profissional, porque senti a necessidade de me libertar deste medo absurdo de dirigir. Tenho carro e achava um absurdo andar de ônibus pra lá e pra cá. Hoje tenho liberdade para fazer minhas coisas e até para passear com minha sogra, que me dá muita força. É outra vida...”, afirmou Carla.

No caso de Vera Menezes, foram 6 anos sem ‘pegar o carro’, pois ela tinha muitos medos; de bater o carro, de dirigir no meio do movimento, enfim. “Fazia um ano que queria vencer esses medos e voltar a dirigir, mas ia postergando. Foi quando minha filha veio com o panfleto do Sérgio que dizia que ajudava as pessoas a superar seus traumas e voltar a dirigir. Relutei muito, mas um dia finalmente decidida, marquei a aula e fui.. e adorei, me senti super confiante, tranquila, e motivada, pois o Sergio é uma pessoa muito calma, e nos deixa bem a vontade e incentiva, assim fiz 12 aulas. Agora eu dirigo sozinha, até carro automático, que era outro medo que eu tinha, e é mais fácil ainda. Fica aqui minha experiência de superação, e meu incentivo as pessoas a superar seus medos e ter persistência, pois é libertador você poder ir e vir sem depender de ninguém”, salientou Vera. 

Vença também esta ‘barreira’ e volte a dirigir. Agende sua aula experimental sem custos com o professor José Sergio Reinehr, pelo fone (51) 8446.2718. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Banneronplay
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br