Sexta, 26 Junho 2015 13:40

Confirmado primeiro caso de dengue em Osório

Paciente, moradora do bairro Sulbrasileiro, começou a sentir sintomas no início deste mês

 

A Vigilância Sanitária e Ambiental de Osório recebeu do Laboratório Central do RS, a confirmação do primeiro caso de dengue no município, na segunda-feira (22). A paciente, moradora do bairro Sulbrasileiro, começou a sentir sintomas no início deste mês, como dor nas articulações, febre que não ultrapassou os 38,5Cº, muita náusea e dor retroorbital (dor atrás dos olhos), que persiste, mas ela está em perfeitas condições de saúde e já trabalhando.

Segundo a vigilância a paciente não tem histórico de viagem, portanto, foi contaminada em Osório e, conforme determina o Ministério da Saúde, a equipe fez a delimitação de foco no entorno da casa da paciente no espaço de 300 metros, e, todos os achados de foco do mosquito tiveram resultado laboratorial como culex e não o aedes aegypti.

A coordenadora da Vigilância Sanitária e Ambiental, Anne Marth, explicou que a maior preocupação é em relação a conscientização da população quanto aos cuidados com água parada em seus pátios. Dados da Vigilância indicam  que os profissionais não têm conseguido entrar em aproximadamente 45% das casas e comércios de Osório para verificar a situação, por recusa ou porque os mesmos estão fechados.

 “Há o risco de passarmos por um bairro e deixar o foco para trás. O último foco do ano foi em 29 de abril, no Bairro Sulbrasileiro. Em maio não foi encontrado nenhum caso de aegypti e agora em junho, com esse fato, inicia mais um cronograma de visitas e fiscalização. Pedimos a colaboração da comunidade, que permita nosso acesso para verificar a situação de cada estabelecimento”.

A Vigilância Sanitária pede, ainda, para que as pessoas façam vistoria no pátio, olhem calhas, caixa d’água, verifiquem se as plantas não estão acumulando água, observem se há saco plástico e copinhos entre as plantas que absorvem água.

Outra mensagem é que as pessoas façam denúncias quando verificarem casos suspeitos do foco do aedes aegypti  ou tirem dúvidas através dos telefones: 3601 3315 ou 3601-3316.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Bannerbaixo2
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br