Sexta, 17 Julho 2015 13:43

Departamento de Trânsito adéqua placas que identificam vagas especiais

Contran exige que todas as placas da cidade especifiquem o uso obrigatório do Cartão, ao motorista que está ocupando uma vaga de Idoso ou de Pessoas Portadoras de Deficiência

 

O Contran – Código de Trânsito Brasileiro prevê que todas as placas que identificam as vagas reservadas para idosos e pessoas portadoras de deficiência física, devem informar os motoristas à obrigatoriedade do Cartão, documento que adéqua a pessoa a ocupar a vaga. Em Tramandaí as placas começaram a ser modificadas conforme as regras do Contran este ano. Das 380 vagas na região Central do Município, 19 são destinadas aos idosos e 23 aos portadores de deficiência, e hoje, faltam cerca de 10 placas serem padronizadas.

Para que as pessoas se conscientizem e deixem de ocupar vagas destinadas a idosos e portadores de deficiência física, em 2014, o Contran passou a obrigar os Municípios a instalarem placas informando o uso obrigatório do Cartão, confeccionado na própria Prefeitura, tanto do Idoso quanto do portador de deficiência.

A medida agradou o morador José Alberto Ferreira, que mora em Tramandaí há 8 anos, ele acredita, inclusive, que todas as placas já deveriam estar modificadas, pois segundo ele, essa é uma forma de inibir o uso indevido das ‘vagas especiais’. “Muitas vezes quando vou estacionar tem alguém ocupando a minha vaga, e eu não sei se é realmente um idoso, pois no carro não há o cartão, e como a placa não obriga a pessoa a mostrar o cartão, eu não tenho como saber quem está naquela automóvel. Se todas as placas forem modificadas como diz a Lei vai facilitar a identificação daqueles que estão usando a vaga do Idoso ou do deficiente físico de forma indevida”, diz o morador.

Segundo o diretor do Departamento de Trânsito, Guto Machado, as placas estão sendo modificadas de forma gradual. “Dois fatores dificultaram e atrasaram a modificação das placas, primeiro foi o processo de licitação que é algo demorado e burocrático e depois as fábricas não estavam preparadas para esta demanda e tiveram que confeccionar as placas de acordo com as exigências, mas todos podem ficar tranquilos que o trabalho está sendo feito e no máximo até setembro todas as placas estarão como manda o Código de Trânsito”, garante Machado.

Ele informa ainda a região Central de Tramandaí, que envolve a Av. da Igreja, Av. Beira Mar, Emancipação e rua Vergueiros há hoje no Município 19 vagas para idosos e 23 pra pessoas portadoras de deficiência física, e ainda serão feitas este ano mais sete vagas para idosos e sete para cadeirantes. De acordo com o Código de Trânsito o Município deve reservar 2% do total das vagas para Idosos e 5% para pessoas portadoras de deficiência física. Tramandaí, hoje, reserva exatamente 2% das vagas para idosos e 7,6% para pessoas com deficiência, estando, por tanto, dentro das regras.

Lembrando que para fazer o Cartão do Idoso basta ir até a Prefeitura de Tramandaí munido de comprovante de residência e Carteira de Identidade ou Habilitação de segunda a sexta das 9h as 17h30. O documento vale em todo território nacional. Para fazer o Cartão da Pessoa Portadora de Deficiência, o procedimento é o mesmo, no entanto, é preciso apresentar ainda o laudo médico que comprove a dificuldade de locomoção.

 

Com fotos Bruna

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Banneronplay
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br