Sexta, 24 Julho 2015 12:53

Chuva agrava problema dos buracos na região

 

 

Ruas de Tramandaí e Imbé estão tomadas de buracos o que exige atenção redobrada dos motoristas

 

Além dos alagamentos, outro problema frequente que se agrava com as chuvas são os buracos. Muitas ruas de Tramandaí e Imbé, inclusive, em avenidas principais e vias centrais possuem pontos em que o asfalto cedeu o que exige atenção redobrada dos motoristas. Um buraco ainda pode ter sido um dos  causadores de um acidente fatal que aconteceu no Km 20 da ERS 786, em Nova Tramandaí nesse sábado (18).

A Av. Paraguassú em Imbé, está tomada de buracos após as últimas chuvas, tanto na região central, quanto nos balneários, é preciso dirigir com muitas cautela para que os pneus e amortecedores dos carros não sejam danificados, ou ocorra algo pior como um acidente de trânsito. Em Tramandaí, o problema é semelhante, em diversas ruas da região Central como a Av. Fernandes Bastos e a Av. Flores da Cunha há buracos. Em Nova Tramandaí, o problema se agrava. Na esquina da Av. Minas Gerais, com a rua Perimetral, (quilômetro 20 da ERS 786) há uma verdadeira ‘cratera’ que pode ter resultado no acidente de um motociclista. O rapaz, ainda não identificado, trafegava no sentido Tramandaí – Cidreira, quando teria perdida o controle da direção ao passar por um buraco e chocou a moto contra uma árvore, com o choque, o motociclista perdeu a vida.

De acordo com o secretário de Obras e Viação de Imbé, Oldair Manoel Arceno, mesmo o asfalto que não apresente problemas pode ceder devido à enxurrada de água que caiu nas últimas semanas. Ele afirma que os pontos críticos da cidade já estão recebendo reparos, mas a operação vai “com força total” somente após a chuva, pois segundo o secretário, “o tempo precisa firmar para que o asfalto novo de liga e o serviço realmente fique bom”.

Já o secretário de Obras e Limpeza Urbana de Tramandaí, Antônio Rodrigues, afirma que a Operação Tapa Buracos já está atuando na cidade, onde os locais estão mais secos, foram realizados serviços na Av. Fernandes Bastos, Flores da Cunha e Atlântica. O secretário afirma que os buracos aparecem nas enxurradas geralmente quando o asfalto é velho ou quando acontece sobrecarga de peso no mesmo. No entanto, garante que devido a quantidade de água até mesmo asfaltos novos podem ceder, ele justificou sua afirmativa citando o exemplo de uma das principais vias do Estado. “A Freeway é a melhor estrada do Brasil e apareceram alguns buracos por lá, para ver como até mesmo onde há um bom serviço acontecem esses imprevistos devido ao mau tempo”. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Bannerbaixo2
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br