Sexta, 24 Julho 2015 12:58

Acidente de trânsito na avenida Minas Gerais faz outra vítima fatal

 

Somente em 2014, 87 acidentes foram registrados na via pública resultando em 15 mortes

 

No último sábado (18), um homem perdeu a vida ao sofrer um acidente de trânsito na Av. Minas Gerais, as más condições da via são uma das prováveis causas do ocorrido. O estado precário da Av. Minas Gerais já foi denunciado pela Associação do Comércio, Indústria e Turismo de Tramandaí em abril deste ano ao Ministério Público.

O acidente ocorreu Km 20 da ERS 786 (conhecida Av. Minas Gerais), quando o motociclista trafegava no sentido Tramandaí/Cidreira, por volta das 5h30 da madrugada, e de repente bateu em uma árvore. A provável causa da batida é que o rapaz tenha perdido o controle do veículo ao ‘cair’ em um buraco, localizada no local.

Somente em 2014, 87 acidentes de trânsito foram registrados na Av. Minas Gerais, resultando em 15 vítimas fatais. De acordo com o documento entregue no Ministério Público pela Associação de Indústria e Comércio de Tramandaí, a falta de sinalização na via somada as más condições do asfalto seriam as principais causas dos acidentes.

O documento informa também que diversas reclamações já foram feitas à Administração Municipal, mas nenhuma providência foi tomada, pois o problema é repassado para o DAER – Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens que também não aponta nenhuma solução efetiva. “A Prefeitura se tranqüiliza transferindo a responsabilidade ao DAER, detendo-se apenas em informar que projetos estão sendo estudados, o que vem se alastrando há mais de 12 anos sem previsão conclusivas, o que demonstra claramente o desprezo e desrespeito pela vida humana, deixando mães e filhos desamparados a mercê da própria sorte”, diz o presidente da Associação José Newton Português.

A última ação da Associação antes de recorrer ao Ministério Público foi pedir ajuda aos‘representantes do povo. “Nossa última reivindicação em caráter de Urgência, foi apresentada no início do ano à Câmara dos Vereadores de Tramandaí, sugerimos que a Prefeitura adotasse ou municipalizasse a respectiva avenida, reparando definitivamente as irregularidades do local”, disse Newton, apesar do pedido até agora nada foi feito ainda.

O presidente da ASCOM diz ainda que o Ministério Público enviou ofício pedindo uma posição da Prefeitura para o caso até o dia 25 de junho, e não houve nenhum posicionamento, dessa forma, dia dez de  julho novo ofício foi enviado para Administração Municipal e novamente nenhuma resposta foi dada até o momento. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Bannerbaixo2
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br