Sexta, 11 Setembro 2015 17:49

Moradores reclamam de buracos nas ruas de Mariluz

Comunidade deseja que seja posto saibro nas vias do Município

Os moradores do balneário Mariluz em Imbé reclamam dos buracos nas vias, o problema se intensifica quando chove e vem causando ‘dor de cabeça’ em que precisa passar todo o dia de carro pelas ruas.

Rua 36, rua Estrela, rua 21 de Abril, rua Bagé, o que todas tem em comum? Os buracos que se tornam maiores a cada chuva.

De acordo com informações da comunidade, a solução da prefeitura é passar a patrola pelo local, no entanto, essa ação não resolve o problema, nem ao menos ameniza. Segundo os moradores, somente a colocação de saibro iria amenizar um pouco a situação.

“Mariluz é uma buraqueira só quando chove o problema só piora, tenho até dificuldade em sair de casa para trabalhar. Até meu táxi já está me dando ‘dor de cabeça’, tive que trocar o amortecedor e terei que trocar os rolamentos em função das más condições das vias”

O taxista Pedro Jorge Wazem mora na rua 36 em Mariluz e saindo da garagem já encontra problemas, pois quase em frente a sua casa há uma cratera, seguindo pela rua há diversos buracos. Por ser taxista, o morador, precisa passar constantemente pelas ruas do balneário, como a estrela, que há meses apresenta um enorme buraco. Outras ruas como a rua 21 de Abril e a Bagé também são citadas como de difícil acesso. A rua Bagé, inclusive, é asfaltada, mas na esquina com a rua 21 de Abril o buraco é tão grande que o asfalto já sumiu restando apenas pedras e areia.

Wazem conta que comprou o táxi semi-novo há 8 meses e estava sem qualquer problema, e agora, devido aos buracos já teve que trocar os amortecedores e está com os rolamentos estourados, fora os problemas com os pneus que furam constantemente. “Mariluz é uma buraqueira só quando chove o problema só piora, tenho até dificuldade em sair de casa para trabalhar. Meu táxi eu comprei não tinha problemas, agora já está me dando ‘dor de cabeça’ em função das más condições das vias”.

O morador afirma que já reclamou na subprefeitura e que a comunidade em geral, faz inúmeras reclamações, ma que a única ação da Administração Municipal é passar a patrola, e segundo o morador, isso não resolve o problema. “Não adianta nada passar ‘a máquina’ os buracos continuam ai, se não dá para asfaltar as ruas podiam ao menos colocar um saibro ai sim, ajudaria bastante”, diz.

“Estou só esperando a chegada do saibro para que a gente possa consertar as ruas do balneário, vamos iniciar os serviços o mais breve possível”

De acordo com o subprefeito de Mariluz Fernando Roxo, a licitação já foi feita para que o saibro seja depositado nas ruas citadas na matéria e outras da localidade, tais como, a rua Tapes, Alaska e Santo Antônio. Agora falta apenas a Administração Municipal receber o saibro para dar início aos trabalhos. “Estou só esperando a chegada do saibro para que a gente possa consertar as ruas do balneário, vamos iniciar os serviços o mais breve possível”, disse o subprefeito. No entanto, Roxo, não soube definir uma data para o início e o fim dos trabalhos. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Banneronplay
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br