Sexta, 11 Setembro 2015 18:25

Demissão de médico causa polêmica em Tramandaí

Alguns pacientes querem a volta do profissional, mas de acordo com profissionais da Futura Saúde, houve diversas reclamações quanto ao comportamento do médico

Um médico que atuava no Grupo de Hipertensos e Diabéticos da Unidade de Saúde da Zona Sul foi demitido na última semana. Alguns pacientes reclamaram da demissão, pois de acordo com eles, o profissional era muito querido na comunidade.

agora, o médico foi demitido, o que entristeceu parte da população, como conta Costa. “O médico sempre foi um excelente profissional, tratava a todos com amizade e carinho, não tenho nenhuma queixa, pelo contrário, só elogios”

O morador Getulio da Costa, 68 anos, participa do Grupo de Hipertensos da Zona Sul que acontece nas terças-feiras às 14h, há seis meses. Quando entrou no grupo,Costa conta que havia um médico, um fisioterapeuta, um psicólogo e uma enfermeira. Recentemente o fisioterapeuta deixou de atuar nessa atividade, e agora, o médico foi demitido, o que entristeceu parte da população, como conta Costa. “O médico sempre foi um excelente profissional, tratava a todos com amizade e carinho, não tenho nenhuma queixa, pelo contrário, só elogios”, afirma o paciente, que ainda completa, “primeiro afastaram o fisioterapeuta, agora tiram o médico que era tão comprometido com a  saúde da gente, eu pergunto: como vai ficar o nosso grupo agora?”.

“A Futura fez o desligamento do profissional em função da conduta dele dentro da Unidade, pois houve reclamações da Equipe da Zona Sul e de alguns pacientes”

De acordo com o secretário da Saúde Mario Morita, o médico era contratado, e por tanto, cabe a empresa Futura Saúde tratar das demissões nesses casos, quando o profissional não é concursado no Município. Segundo a supervisora da Futura Saúde, Thays Araújo, o médico foi demitido porque houve diversas reclamações tanto dos colegas de trabalho, quanto de outros pacientes. “A Futura fez o desligamento do profissional em função da conduta dele dentro da Unidade, pois houve reclamações da Equipe da Zona Sul e de alguns pacientes”, disse.

Thays informa ainda, que no dia seguinte a demissão, outro médico foi contratado que está acompanhando o Grupo de Hipertensos e Diabéticos. Este faz visitas domiciliares que não estavam sendo realizadas pelo profissional que foi desligado.

Quanto ao fisioterapeuta este precisou mudar a agenda de trabalho por motivos pessoais, e como o contrato é de 30 horas semanais, ele não está todos os dias na Unidade de Saúde. No entanto, o fisioterapeuta está organizando outro grupo, dessa vez, de caminhada para os idosos, está apenas definindo o melhor dia e horário para a comunidade. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Banneronplay
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br