Sexta, 18 Setembro 2015 13:50

Agentes penitenciários realizam ato solidário no Hospital de Tramandaí

Cerca de 20 agentes doaram sangue como forma de protesto ao parcelamento de salários e às PLs enviadas à Assembléia pelo Governo do Estado

Na manhã dessa sexta-feira (11), cerca de 20 agentes penitenciários compareceram ao Hospital de Tramandaí para doar sangue. A ação foi uma forma de protesto contra o parcelamento de salários e os Projetos de Lei encaminhados pelo Governo do Estado à Assembléia Legislativa e que entrarão na pauta da ‘Casa’ na próxima semana.

“Os agentes penitenciários ‘dão o sangue’ todo o dia em seu trabalho para manter a segurança pública, essa foi apenas uma forma de mostrar literalmente para sociedade a importância da categoria, além de claro, ser uma forma de ajudar os outros”

Os agentes chegaram ao Banco de sangue às 9h, munidos de identidade, eles só precisaram preencher uma ficha e esperar alguns minutos para realizarem o procedimento. De acordo com o delegado sindical da Penitenciário de Osório, Blaudinauer Ferreira, “os agentes penitenciários ‘dão o sangue’ todo o dia em seu trabalho para manter a segurança pública, essa foi apenas uma forma de mostrar literalmente para sociedade a importância da categoria, além de claro, ser uma forma de ajudar os outros”.

Contudo, Ferreira salienta que também são importantes outras formas de protesto tais como, trancar estradas, e manter a greve. As principais reclamações da categoria são: o parcelamento de salários feito pelo governador José Ivo Sartori e os projetos de Lei enviados à Assembléia Legislativa, tal como a PL 303 que mexe na aposentadoria dos servidores. “Somos contra o parcelamento de salários, claro, mas também não aceitamos esse ‘pacote de maldades’ preparado pelo governador”, salienta.

“Nessa época de ano as doações diminuem bastante, e seguimos com muita gente precisando de sangue, por isso, foi tão importante para nós essas doações, ficamos muito felizes”

De acordo com a enfermeira do Banco de Sangue, do Hospital de Tramandaí, Renata Barros Vilela, as doações dos agentes penitenciários foram muito bem vidas, pois o estoque de sangue está bem baixo e há muitas pessoas precisando. “Nessa época de ano as doações diminuem bastante, e seguimos com muita gente precisando de sangue, por isso, foi tão importante para nós essas doações, ficamos muito felizes”, diz a enfermeira.

Renata ressalta ainda que no verão há maior número de doares, mas no inverno há dias que não aparece nenhum voluntário no Hospital, no entanto, as pessoas ficam doentes em todas épocas do ano, por isso, é sempre importante que aqueles que estão dentro dos padrões exigidos pelo Ministério da Saúde sejam doadores de sangue.

Para doar basta ir até o Banco de Sangue do Hospital de Tramandaí, munido de Carteira de Identidade, ter de 18 a 69 anos (menores de 16, 17 anos só podem doar acompanhados dos pais ou responsáveis), ter boa saúde, ter peso igual ou superior a 50kg, dormir pelo menos 6 horas na noite anterior e estar bem alimentado, sem ingerir alimentos gordurosos no dia da doação. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Banneronplay
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br