Sexta, 25 Setembro 2015 13:24

Imbé é destaque em Educação Infantil

Construção de escolas, cuidado com a merenda escolar e projetos inovadores como o Fila Única já renderam dois prêmios para o Município este ano

Em 2013 Imbé possuía 820 crianças esperando por uma vaga nas Escolas de Educação Infantil, hoje, esse número foi reduzido para 198. E a expectativa é que no ano que vem nenhum aluno deixe de freqüentar as escolas por falta de vaga.

Parte desse sucesso se deve a um programa simples que já havia sido implementado em cidades de Santa Catarina como Joinvile e Comburiu, e foi testado em Imbé: o Projeto Fila Única. A secretária de Educação e Cultura, Joselaine Cardoso conta que a ideia de trazer o projeto para o Município veio pela necessidade de acabar com os ‘furos de fila’, nas escolas de Educação Infantil. “Eu vi a ideia na internet, achei fantástico e resolvemos colocar em prática em nossa cidade e vem dando muito certo”, comemora a secretária.

“Com um investimento mínimo conseguimos acabar com os ‘furos de fila”

O projeto é bem simples, um programa é instalado no computador da Secretaria de Educação e uma única funcionária faz o cadastramento para a escola de preferência do pai, o cadastro é único e intransferível, além disso, é possível acompanhar pela internet através do protocolo de atendimento quantas pessoas estão na frente da criança. Para garantir que ninguém realmente ‘passe na frente’, uma equipe supervisiona as escolas semanal e mensalmente para ter a certeza de que ninguém está ‘furando a fila’. Em 2013 havia 820 crianças esperando por um a vaga nas escolas de Educação Infantil, em 2014 620 crianças, e agora em 2015, são 198.

Para fazer o programa foi preciso contratar uma empresa que cobrou cerca de R$3 mil para realizar o serviço, além disso, o pro grama passa por uma manutenção mensal que custa em torno de R$ 350 por mês. “Com um investimento mínimo conseguimos acabar com os ‘furos de fila’”, diz Joselaine.

Para ampliar as vagas na Educação Infantil a Administração Municipal ainda construiu três escolas, e está sendo construída uma quarta no bairro Courhasa que deve estar em funcionamento em março de 2016. A escola que funcionava no local anteriormente atendia apenas 80 crianças, a nova comportará 350 alunos. Com a inauguração da instituição a expectativa é que nenhuma criança de Imbé deixe de receber a educação escolar na primeira infância por falta de vagas.

Devido aos avanços na Educação Infantil, o Município ganhou dois prêmios este ano, o Diploma Destaque no Atendimento em Educação Infantil,  avaliado pelo Tribunal de Contas  do Estado e pelo Ministério Público que analisa entre outros fatores a merenda escolar, e a estrutura das escolas, e o prêmio da Unesco. Imbé foi o único Município do Litoral a receber a premiação. E recebeu também o prêmio da Unesco pelo projeto Horta Escolar desenvolvido na Escola Vó Rosa.

Imbé ainda concorre ao prêmio Gestor Público do Ano, que avalia as gestões públicas de cidades de todo o Estado. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Bannerbaixo2
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br