Chuva intensa causa alagamentos no feriado de Páscoa
Sexta, 01 Abril 2016 11:43

Chuva intensa causa alagamentos no feriado de Páscoa

Diversas ruas de Tramandaí e Imbé ficaram alagadas durante o final de semana

 

O feriado religioso era de Páscoa, mas parecia que um verdadeiro dilúvio estava caindo no Estado durante o final de semana. Tramandaí está entre as cinco cidades do Rio Grande do Sul que recebeu maior volume de água, foram 83,6 mm de chuva somente entre 9h de sexta-feira (25) e às 9h de sábado (26).

Devido à quantidade de água muitas ruas ficaram alagadas, como a Av. Fernando Amaral, trechos da Av. Fernandes Bastos, a rua João Pessoa no Centro da cidade e vias do bairro São Francisco II e Parque dos Presidentes.

“Nossa topografia é plana por isso não podemos instalar uma tubulação muito grande, dessa forma, qualquer sujeira nas bocas-de-lobo causam alagamentos, por isso pedimos maior colaboração da população para que façam a sua parte colocando o lixo no lugar adequado”

Em Imbé a chuva forte também provocou alagamentos em trechos da Av. Paraguassú, no Centro da cidade próximo ao lago do Braço Morto e em diversas ruas na Zona Norte da cidade. A água também causou inúmeros buracos nos dois municípios.

Nessa segunda-feira a água nas ruas centrais de ambas as cidades já havia escoado. Porém em alguns pontos isolados ainda havia alagamentos como no bairro Presidente em Imbé, e no bairro Parque dos Presidentes em Tramandaí.

De acordo com o secretário de Obras e Limpeza Urbana, Antônio Rodrigues, disse que a chuva foi constante e intensa e que o lixo jogado nas ruas agravou as situações de alagamentos. “Nossa topografia é plana por isso não podemos instalar uma tubulação muito grande, dessa forma, qualquer sujeira nas bocas-de-lobo causam alagamentos, por isso pedimos maior colaboração da população para que façam a sua parte colocando o lixo no lugar adequado”.

O secretário disse ainda que quatro equipes estão nas ruas fazendo o trabalho de limpeza de bocas-de-lobo e pequenos consertos, inclusive, no asfalto. Em duas semanas, Rodrigues acredita que a cidade já estará totalmente recuperada.

“Em alguns pontos da cidade tivemos problemas de cano quebrado, mas já estamos trabalhando para resolver essa situação”

Já o secretário de Obras e Viação de Imbé, Oldacir Manuel de Arceno falou que os principais pontos de alagamentos após o término da chuva concentram-se no balneário Presidente, na Av. Carazinho e São Luis. “Em alguns pontos da cidade tivemos problemas de cano quebrado, mas já estamos trabalhando para resolver essa situação”.

O secretário garante que o Município está se preparando para resistir melhor a situações de chuva intensa, e que espera trocar a rede de esgoto de um condomínio localizado no bairro Cohourasa o que irá melhorar o escoamento da água no local. Também pretende rebaixar a Av. Santa Rosa para evitar novos alagamentos na área. Assim que o tempo secar os buracos na cidade também serão tapados. “Andei por toda a cidade durante o final de semana e já sabemos quais foram os principais pontos de alagamento onde a água não baixou durante o término da chuva, por isso, já na segunda-feira iniciamos os trabalhos de recuperação de limpeza e recuperação de tubulações que foram comprometidas”. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner Lateral Claro

Banner Agafarma
Bannerbaixo2
ENDEREÇO: TELEFONES: E-MAILS: Desenvolvido por
Rua Siqueira Campos, 432
Tramandaí - RS
51. 3684.3033
51. 3661.3505
 redacao@jornaldimensao.com.br