loader
Qual o desafio da mulher contemporânea?

Qual o desafio da mulher contemporânea?

Olá meus amores, deixo aqui hoje um excelente texto para reflexão... Apenas o fato de ser mulher já é muito desafiador porque temos a responsabilidade de trazermos para essa dimensão, seres humanos, através do processo lindo de gestar e parir. Cuidar 9 meses de um bebê dentro do nosso ventre, é um desafio incalculável, sagrado e digno de ser reverenciado. E mesmo as mulheres que não vivenciaram a maternidade, trazem dentro delas o mesmo potencial, que se estende para além do parto, uma vez que o desafio de cuidar, alimentar, acarinhar, ensinar e criar, mostram a magnitude do ser mulher. Se por um lado esse desafio é reverenciado, por outro, em alguns casos, é, ainda nos dias de hoje, algo que colide com a responsabilidade profissional, uma vez que a mulher precisa se provar muito mais do que o homem. A possibilidade de uma gravidez diminui a contratação das profissionais em idade reprodutiva, ou gera escolhas de retardar esse momento. Na vida pessoal e profissional a mulher é todo tempo desafiada. Na família, é responsável pela segurança emocional, harmonia e união dos integrantes. Às vezes é cobrada e se cobra em relação a aspectos ligados à limpeza, cozinha e manutenção em geral do lar. No trabalho, os resultados, o clima da equipe, o bom relacionamento, a inteligência emocional, o conhecimento técnico, a agilidade nas tomadas de decisão são igualmente exigidos, em uma dimensão ainda maior do que é exigido de seus colegas. Ou seja, as cobranças são contínuas e intensas em todas as áreas. Depois de ter o seu bebê, é questionada sobre a forma como o cria e educa. Na liderança da equipe, sente sempre que poderia ser melhor. Culpa-se e é culpada em vários aspectos. Ou seja, a mulher se cobra de perfeição em todas as áreas, precisa dar conta de tudo para se sentir merecedora do amor da família e bem-sucedida. O que é ser bem-sucedida? É ser melhor em tudo, para se sobressair, para se destacar, para ter espaço, para ter voz. Existem mulheres que não conseguem ser ouvidas em reuniões em que os homens predominam. Então, para ter lugar de fala, precisa estar muito bem-preparada, não pode errar, sua formação tem que ser excelente. Mas, o mais intrigante é que, ainda assim, com todo esse diferencial, ela duvida da sua capacidade e merecimento, mesmo quando é parabenizada e reconhecida. Às vezes aparece a tão conhecida síndrome do impostor, como se todo conhecimento e resultados não passassem de desculpas esfarrapadas que escondem falácias, mentiras e desempenho questionável. Mas os desafios da mulher contemporânea não param por aí. Precisa lidar com suas emoções de forma a suprimi-las muitas vezes, uma vez que, ser emocional lhe tira pontos. Quem já não ouviu que é culpa dos hormônios a instabilidade emocional? Bonita, cheirosa, feliz, arrumada, boa mãe, boa esposa, boa profissional… Cobrada por todos, mas sobretudo por ela mesma! Pois então, nesse mundo contemporâneo, talvez o maior desafio seja exatamente o contrário de tudo isso que foi descrito até aqui, ou seja, o nosso desafio, o desafio das mulheres é a NÃO COBRANÇA, é a AUTOACEITAÇÃO SER O QUE SE É, AUTORRECONHECIMENTO e AMOR POR SI MESMA. Acertar ou errar faz parte do jogo, o que os outros pensam deve ficar na dimensão do outro. Não se afetar pela opinião alheia e sobretudo não se comparar. Melhorar, evoluir, sempre, mas como um desafio e busca pessoais e não para agradar quem quer que seja. Acreditar na sua excelência e qualidade pessoal e profissional, reconhecer sua força e sua verdade. Dar conta apenas do que for possível, da melhor maneira, fazendo as próprias escolhas e encontrando a liberdade de ser o que realmente é. Ser a melhor em tudo é uma prisão e tortura. É necessário estabelecer limites e prioridades, sair da ilusão da perfeição e viver a realidade. Para terminar, deixo aqui os 3As do Desafio da Mulher Contemporânea: Autoconhecimento, Autoestima e Autoconfiança. (Fátima Motta).